Plástica Total

Dr. Edson Luiz Ohira
CRM 88.097 - Membro Especialista pela Sociedade Brasileira de Cirgurgia Plástica

Prótese de Mama

Voltar para Cirurgias

Prótese de Mama (prótese de silicone) ou Mamoplastia de Aumento é indicada para pacientes com mamas pequenas, assimétricas, desproporcionais em relação ao corpo, no caso de reconstituições das mamas em casos de retirada devido a um tumor pacientes que após amamentação tiveram grande redução do volume das mamas.


Durante algum tempo muito foi dito sobre a Prótese de Mama e seus supostos malefícios. Após longos anos de estudo observou-se que esses males não existem (câncer de mama, doenças reumáticas, etc). A troca periódica das próteses de silicone são recomendadas. Devido a crescente qualidade das próteses estima-se que o tempo médio de uma troca é a cada 20 anos.


Hoje existem diversos tipos de próteses que variam de acordo com perfil (redondo ou anatômico), conteúdo (silicone ou solução salina) e envoltório (texturizado ou liso).


A escolha da prótese ideal será feita juntamente com seu médico.


No caso de gravidez, o resultado poderá ser preservado, desde que não haja grande aumento da mama pela lactação, o que geraria uma distensão da pele da mama. Além disso, a cirurgia de prótese não interfere com a amamentação, já que a cirurgia é realizada habitualmente "fora do tecido mamário".

Como é Feita a Prótese de Mama

A cirurgia plástica de implante mamário é uma cirurgia relativamente simples. É uma cirurgia que tem duração média de uma hora e meia, que é realizada sob Anestesia Local, Anestesia Peridural ou Anestesia Geral.


As cicatrizes são bastante pequenas, podendo ser na borda inferior da auréola (peri-aureolar), na linha inferior da mama ou na borda da axila.


Axilar: a cicatriz fica escondida na axila e, portanto, imperceptível. Geralmente a prótese é colocada abaixo do músculo. Como o risco de hematomas e equimoses (áreas arroxeadas) é maior, bem como alterações de sensibilidade e assimetria mamária, seu uso é restrito.


Aureolar: A cicatriz fica dentro da aréola, contornando a metade inferior. É a via utilizada devido à boa qualidade da cicatriz que geralmente fica imperceptível, porém é reservada apenas para pacientes com aréolas maiores, com pelo menos 3cm de diâmetro e/ou para próteses pequenas.


Sulco Infra-Mamário: é a mais comum, a cicatriz fica posicionada no sulco abaixo das mamas. Tem a vantagem do descolamento não passar pelo tecido mamário. É mais rápida, porém é a que requer maior atenção e cuidado em relação à qualidade da cicatriz, que geralmente não ultrapassa 4,0 a 5,0 cm de extensão.


O resultado final poderá ser notado entre um e três meses após a cirurgia.




Plástica Total

Dr. Edson Luiz Ohira

Unidade Santa Cruz - Clínica Pró-Mulher - Rua Loefgreen, 1425 - Vila Clementino - São Paulo - SP - Tel: (11) 5908-4100 / 5573-6826
Unidade Paraíso - Homa Espaço Médico – Rua Eça de Queiroz, 488 – Paraíso – São Paulo – SP – Tel: (11) 5088-6699

Libero +